A dengue é uma doença viral, transmitida apenas pela picada do mosquito Aedes Aegypti e, de acordo com o boletim Epidemiológico dos Casos de Dengue, Chikungunya e Zika Virus, divulgado pela Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais, até o dia 25 de março de 2019 já foram registrados 66.629 casos prováveis de dengue no estado de Minas. A dengue é um problema comum no Brasil e as formas de tratamento da dengue e os sintomas da dengue já são conhecidos pela população.

As altas temperaturas registradas nos últimos dias e a incidência de chuvas favorecem a proliferação do mosquito e é importante que moradores de condomínios fiquem em alerta sobre a importância de eliminar criadouros do mosquito da dengue. Veja com a administradora de condomínios BH e o síndico profissional do seu condomínio para ajudar a conscientizar os condôminos sobre os problemas atuais da dengue.

Existem várias maneiras de conscientizar os condôminos sobre os problemas com o mosquito da dengue. Por exemplo, o síndico residente pode pedir para que o síndico profissional e a administradora de condomínios BH criem e enviem uma cartilha ao condomínio com as informações sobre o mosquito da dengue, como fazer uma limpeza e não deixar criadouros, quais os sintomas da dengue, tratamento da dengue e maneiras de evitar que, até mesmo, o condomínio tome uma multa por não estar seguindo as normas da Vigilância Sanitária.

Administradora de condomínios BH – Como combater a dengue

O ciclo de transmissão da dengue começa quando a fêmea deposita os ovos em locais que possuem água parada, as larvas se transformam em mosquito adulto em apenas uma semana. E, a partir daí, ele começa a picar as pessoas. Por isso, é importante que o síndico profissional cuide do condomínio e comece a tomar as atitudes que vão evitar a proliferação do mosquito.

Mosquito da dengue no condomínio – auxílio do síndico profissional para a prevenção da dengue

O papel de um síndico profissional, junto a administradora de condomínios BH é muito importante, pois ao assinar um contrato com um condomínio ele assume algumas responsabilidades. Além dessas responsabilidades, o síndico profissional precisa ser proativo e ajudar o condomínio com relação a diversos assuntos e, com esse nível epidêmico de dengue, com a dengue em evidencia, o síndico profissional e o condomínio precisam estar em harmonia para tratar do assunto.

Mas vamos lá. O que pode ser feito pelo síndico profissional e pelo condomínio:

  • Colocar telas de nylon ou tampas nos ralos internos e externos do condomínio.
  • Manter as calhas limpas para não acumular água.
  • Limpeza periódica da caixa d’água e manter a mesma bem fechada.
  • Tratar a água da piscina com cloro.
  • Colocar areia nos vasos de planta para evitar acumulo de água.
  • Cobrir bem os entulhos de obras.
  • Manter o escoamento de água das lajes desobstruídas.

Além dessas dicas, é importante que o síndico profissional trabalhe em parceria com os moradores e toda a equipe que trabalha no condomínio. Distribua, no condomínio, materiais informativos sobre a dengue e informe, também, os problemas observados e as providências que serão tomadas.

Se você é morador de um condomínio, peça logo ajuda ao síndico ou síndico profissional. Comece o combate à dengue!

Referências: Pacto Net, Síndico Net, Síndico Net, Síndico Net

Share This

Compartilhe!

WhatsApp chat