A vaga de garagem em condomínio é um dos espaços mais ocupados pelos moradores, mas também uma das maiores causas de discórdias entre vizinhos. São diversos os problemas que assombram esse espaço. Da demarcação ao aluguel, passando por detalhes como tamanho ou uso indevido.

Mas o que é permito ou não quando o assunto são as vagas de garagem? Como resolver problemas corriqueiros do seu uso no dia a dia? Como a administração de condomínios e o síndico profissional podem ajudar nesse assunto?

Os problemas mais comuns com relação as vagas de garagem em condomínios são:

  • Vizinho que para na vaga errada.
  • Espaço usado como depósito.
  • Transtornos com vagas presas.
  • Automóvel maior do que a área demarcada.
  • Utilização da vaga por um não morador do condomínio.

Síndico profissional e as vagas de garagem

Todos os problemas com vagas de garagem podem trazer dor de cabeça para o síndico, os condôminos, para a administração de condomínios. A empresa administradora de condomínios BH responsável pela administração do condomínio possui profissionais especializados para solução de diversos problemas, e como as vagas de garagem são problemas comuns em todos os condomínios, eles podem ajudar a resolver os problemas da melhor maneira possível.

Uma empresa administradora de condomínios BH tem conhecimento do Código Civil, de medidas simples e sobre o que é permitido ou não no espaço destinados a vagas de garagem. Porém, o próprio Código Civil não traz muitas regras sobre vagas de garagem, limitando-se a tratar de deveres e direitos dos condôminos sobre as áreas comuns e privativas.

Normas para uso das garagens – Administradora de condomínios em BH

Apesar de ser garantia de comodidade e segurança para os moradores, a garagem sempre é motivo de conflito. Por causa disso, é necessário que o condomínio conte com regras para o uso desta área. O síndico profissional, juntamente com a administradora de condomínios em BH, pode ajudar com a elaboração ou reelaboração das mesmas.

Na maioria dos casos, as normas são encontradas na convenção e no regimento interno. Caso elas não existam, convoque uma reunião com a administração de condomínios e com os condôminos para criar essas regras. Normalmente, a convenção aborda os seguintes tópicos:

  • Identificação para entrada do veículo.
  • Normas de segurança.
  • Possibilidade ou não de locação e venda de vagas.
  • Punição por estacionamento em local indevido.
  • Datas e horários em que se pode ocupar a vaga para realizar mudanças.
  • Utilização do espaço por não moradores.
  • Guarda de dois veículos no mesmo ambiente.
  • Multa e advertências por uso indevido.
  • Responsabilidade sobre furtos e danos.

Se a legislação interna do condomínio não contar com regras sobre o tema, é preciso convocar uma assembleia, como falamos anteriormente. Consulte o síndico profissional e a administração de condomínios para ajudar com o tema. As regras devem ser criadas de acordo com a realidade de cada condomínio e no bom senso. A aprovação é feita com o voto da maioria dos presentes, desde que se tenha um quórum de dois terços dos condôminos.

Share This

Compartilhe!

WhatsApp chat